Guia Definitivo do CFTV

GUIA DEFINITIVO DO CFTV

O melhor e mais completo guia consulta e aprendizagem na área de CFTV.

Material ilustrado com explicações fáceis e simples de entender que permitem a qualquer pessoa aprender rapidamente os segredos do CFTV

2

O uso de VLANS em CFTV

VLANs são frequentemente utilizadas em ambientes onde se deseja minimizar o tráfego broadcast na rede, a idéia é que se tenham grupos que irão compartilhar os mesmo recursos e que tais grupos não sejam incomodados pelo tráfego de broadcast dos demais.

Em um switch é possível criar VLANs e posteriormente associá-las a portas específicas, se duas portas pertencem a mesma VLAN elas irão permitir a comunicação, o diagrama abaixo ilustra o exemplo:

Diagrama de VLAN

O diagrama acima exemplefica com cores o tráfego entre os computadores, é comum dar nomes a VLANs ou se referir a elas por cores, então se poderia ter por exemplo VLAN BLUE, VLAN GREEN, etc.

Se está gostando do artigo, clique antes de continuar

Controle de tráfego através de TAGs

O switch é o dispositivo que irá controlar o tráfego e isolar o broadcast entre as VLANs e para isso faz uma marcação nos pacotes usando uma TAG com o padrão 802.1Q

As TAGS são marcações que indicam a que VLAN pertencem os pacotes, dessa forma após serem transportados, os pacotes podem ser entregues para o destino correto.

Quando o vídeo é convertido em pacotes, eles terão um cabeçalho padrão do protocolo TCP/IP com os seguintes campos:

  • SOURCE: Origem do pacote
  • DESTINATION: Destino do pacote
  • TYPE & LEN: Tipo e tamanho
  • DATA: Os dados contidos no pacote
  • FRAME CHECK: Verificação do frame
Lupa de aumento

* Apesar de eu estar usando termo pacote para explicar o conceito, nessa fase do processo o termo que utilizamos é "frames" Em outros artigos do blog irei tratar do assunto e diferença entre frames, pacotes e segmentos.

A seguir a ilustração da TAG (quadro azul) sendo associada ao pacote

VLAN TAGS

Comunicação entre switches

Entre dois switches é necessário utilizar uma porta especial chamada de “Trunking Port” ou “Tagged Port” que irá permitir que passe o tráfego de todas as VLANs, ou seja, os pacotes com as TAGs 802.1Q irão passar por essa porta não importantando a que VLAN pertencem, ao chegar no próximo switch esse retira as TAGs antes de entregar os pacotes aos computadores de destino. veja a ilustração abaixo:

VLANs em CFTV

Switches gerenciáveis permitem a configuração de VLANs, cada fabricante possui uma maneira diferente de criação e gerenciamento e temos que verificar o manual para entender o processo. A parte mais importante é entender os conceitos aqui explicados (e outros conceitos que irei explicar em futuros artigos), sabendo a teoria, poderemos colocar em prática a configuração correta de VLANs nos switches.

  • 11 de setembro de 2015
  • Redes
Claudemir Martins
 

Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo. Me profissionalizei em redes de computadores e CFTV, atualmente moro nos Estados Unidos e trabalho para uma das maiores empresas do mundo viajando pela América Latina e Caribe ministrando treinamentos.

Deixe um comentário 2 comentários
ANDRE LEANDRO - 23 de setembro de 2017

Ótimo exemplo.

Se for possível fazer um vídeo seria ótimo.

Meus parabéns Claudemir.

Responder

Deixe uma resposta







close

Veja esse vídeo agora


VÍDEO AULA GRÁTIS SOBRE INSTALAÇÃO DE CÂMERAS

Instalação de câmera dome
envelope-open-o
envelope-open-o