Guia Definitivo do CFTV

GUIA DEFINITIVO DO CFTV

O melhor e mais completo guia consulta e aprendizagem na área de CFTV.

Material ilustrado com explicações fáceis e simples de entender que permitem a qualquer pessoa aprender rapidamente os segredos do CFTV

Redes sem fio para CFTV parte 1

Quando pensamos em instalar câmeras de CFTV em um projeto metropolitano, a primeira coisa que passa a nos preocupar é como faremos a transmissão das imagens até uma central de monitoramento. É ai que entram as famosas redes sem fio, também conhecidas como redes Wireless e a vezes chamadas de Wi-Fi.

Vamos entender um pouco sobre redes sem fio nesse artigo.

Mulher Utilizando rede sem fio

A rede sem fio permite ter acesso remoto aos recursos como a Internet

Na imagem acima vemos uma feliz usuária de uma rede sem fio, obviamente ela está feliz também por ter acesso às informações do Blog Aprenda CFTV de maneira prática no conforto do seu lar 🙂

Nesse caso, você leitor saberia dizer ou pelo menos arriscar um palpite sobre qual frequência de rede sem fio ela deve estar utilizando ?

Huumm, pode ser que essa pergunta possa nos pegar de surpresa e acabamos na dúvida de qual seria a frequência utilizada em uma rede sem fio que permita uma pessoa com um laptop ter acesso à Internet.

E de repente nos perguntamos o que esse assunto de uma pessoa acessar a Internet usando rede sem fio tem a ver com CFTV. Na verdade tem tudo a ver e vamos estudar o assunto mais a fundo. 

Os padrões de frequência de rede sem fio

Quando os primeiros equipamentos para transmissão em rede sem fio para uso comercial foram criados, os padrões foram estabelecidos com frequências específicas como 2.4Ghz e 5Ghz.

Sempre que falamos nesses padrões, encontramos certas siglas com por exemplo o IEEE 802.11, que são na verdade como a tecnologia é catalogada e documentada pelo IEEE que é um grupo de engenharia responsável por esses padrões mundiais.

Não vamos entrar em detalhes sobre o IEEE nesse artigo, mas tenha em mente que os padrões criados levam esse nome seguido de um padrão que se refere à tecnologia como por exemplo o IEEE 802.11b que é facilmente encontrado quando vamos comprar um AP.

Roteador de rede sem fio tradicional

Roteador sem fio tradicional (AP)

Quando compramos um roteador sem fio, também conhecido como Acess Point (AP), podemos notar que trazem uma etiqueta que mostra os padrões como IEEE 802.11b, 802.11g ou 802.11n.

Eles indicam qual é a frequência e velocidade que o equipamento utiliza para a transmissão sem fio.

Se está gostando do artigo, clique antes de continuar

Frequência e velocidade de transmissão

O padrão que se popularizou primeiro foi o IEEE 802.11b que possui frequência de 2.4GHz e velocidade de transmissão de até 11Mbps 

As primeiras placas de rede sem fio para computadores e posteriormente para laptops foram criadas obedecendo esse padrão e portanto trabalham com a frequência de 2.4Ghz.

Posteriormente outro padrão chamado IEEE 802.11g manteve a mesma frequência mas aumentou a velocidade para 54Mbps e os novos laptops passaram a adotar placas com essa velocidade de transmissão.

Finalmente outro padrão chamado IEEE 802.11n manteve a mesma frequência mas aumentou a velocidade para 300Mbps e os novos laptops passaram a adotar placas com essa velocidade de transmissão.

O importante a se entender aqui é que os padrões foram mantendo a frequência de 2.4GHz e aumentando a velocidade de transmissão *

* ( Além de 2.4GHz, o IEEE 802.11n também pode trabalhar em 5GHz)

Abaixo um resumo das velocidades do padrão IEEE 802.11

11 Mbps

802.11b

54Mbps

802.11g

300Mpbs

802.11n

Notamos então que na maioria dos casos, vamos encontrar os laptops trabalhando na frequência de 2.4GHz e isso responde à nossa questão sobre nossa amiga acessando o laptop e curtindo o artigo do blog 🙂

E como fica a rede sem fio para CFTV ?

Fico feliz por ter feito essa pergunta, afinal estamos aqui para aprender mais sobre a tecnologia para usar em projetos de CFTV e a resposta sobre qual das tecnologias vamos utilizar em um projeto metropolitano é muito simples: "Não vamos utilizar nenhuma delas"

Pensando sobre redes sem fio

Hein? Agora você deve estar pensando que estou louco e que devemos utilizar a tecnologia IEEE802.11n que é mais rápida e que podemos encontrar equipamentos a bons preços por exemplo em uma daquelas lojas da famosa Santa Ifigência em São Paulo.

Na verdade, para um projeto metropolitano realmente sério, utilizamos rádios de redes sem fio profissionais fabricados especialmente para uso em projetos de CFTV.

Claro que para projetos mais simples com poucas câmeras, onde vamos transmitir as imagens de um prédio para outro, podemos utilizar equipamentos mais baratos, como rádios da marca Ubiquiti e MikrotiK.

Tenha em mente que devemos ter bom senso, não podemos ser radicais e só utilizar rádios profissionas especiais, mas também devemos utilizá-los quando é necessário alta estabilidade.

Na prática evitamos o uso de 2.4GHz

Você que está lendo esse artigo deve ter se perguntado porque o padrão IEEE 802.11 não começou em 802.11a ao invés de 80211b e a resposta para a questão é que na época era mais fácil e barato a fabricação de equipamentos padrão 802.11b com frequência 2.4GHz.

O padrão 802.11a usa a frequência de 5GHz, possui mais canais para serem utilizados e possui menos interferência e foi esse padrão que utilizamos na maioria dos projetos que participei há anos atrás.

Radio sem fio para CFTV

Então é simples, utilizando a frequência de 5GHz, teremos menos interferência que a de 2.4GHz e podemos utilizar rádios de transmissão sem fio profissionais das marcas Radwin, Motorola, Fluid Mesh e outras.

Além da frequência, existem ainda inúmeros fatores que influenciam na transmissão de imagens por redes sem fio, todos esses detalhes são levados em consideração pelos fabricante acima citados.

Há também regras de uso desses equipamentos. Sabia que muitos projetos de CFTV que usam rádio estão ilegais e muitas as vezes quem instalou o sistema nem sabe disso ? Isso é assunto para outro artigo

Nos próximos artigos continuarei discutindo o tema pois acredito que vale a pena investir mais tempo para aprender mais sobre rede sem fio.

  • 13 de dezembro de 2015
  • Redes
Claudemir Martins
 

Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo. Me profissionalizei em redes de computadores e CFTV, atualmente moro nos Estados Unidos e trabalho para uma das maiores empresas do mundo viajando pela América Latina e Caribe ministrando treinamentos.

Deixe um comentário 0 comentários

Deixe uma resposta