Guia Definitivo do CFTV

GUIA DEFINITIVO DO CFTV

O melhor e mais completo guia consulta e aprendizagem na área de CFTV.

Material ilustrado com explicações fáceis e simples de entender que permitem a qualquer pessoa aprender rapidamente os segredos do CFTV

10

Redes sem fio para CFTV parte 5

Os conceitos de rede sem fio são bem extensos, já estamos na parte 5 e ainda não cobrimos todo o assunto, vamos agora fazer um resumo do que é necessário para um projeto e instalação de rádios para CFTV.

Transmissão sem fio (Wireless)

Transmissão sem fio (Wireless)

Antes de entrar especificamente no resumo de todos os fatores que devem ser considerados no projeto, vou falar de um último tema importante para a instalação prática dos rádios para uma rede sem fio.

Linha de visada e zona de freznel

No momento que vamos instalar um par de rádios para a transmissão de dados, áudio ou vídeo de um ponto a outro, temos que nos preocupar com a linha de visada entre os dois equipamentos, ou seja, o equipamento que vai transmitir tem que "ver" o equipamento que vai receber os dados, então quanto mais livre de obstáculos for a área, melhor será a instalação para um bom funcionamento dos rádios.

É necessário evitar obstáculos entre os rádios

Linha de visada para rádios sem fio

Quando instalamos um rádio em um edifício por exemplo, temos que nos preocupar com obstáculos como outros edifícios, torres, antenas, árvores, montanhas e outra coisas que possam obstruir o sinal.

Mas não é suficiente ter somente uma visada clara de um rádio a outro em linha reta, também é necessário considerar uma área ao redor desse ponto central imáginário.

Os sinais das ondas de rádios viajam pelo ar de um ponto a outro ocupando uma área similar a uma bola de futebol americano, ou seja, há uma área extra que temos que considerar quando instalamos os equipamentos, essa área é chamada de zona de freznel.

Zona de Freznel

Então temos que calcular essa zona de Freznel, ou pelo menos ter uma idéia que obstáculos ao redor, abaixo e acima da linha de visada direta podem afetar o sinal de transmissão dos rádios e isso acarreta perda de velocidade de transmissão e estabilidade do sistema. 

Essa série de artigos sobre transmissão sem fio para CFTV já está ficando longa, por isso não vou entrar em mais detalhes técnicos sobre o assunto porque o que estudamos nos demais artigos é suficiente para ter uma boa noção do uso de rádio para CFTV.

Se está gostando do artigo, clique antes de continuar

Fatores importantes para a transmissão sem fio

Vamos finalizar essa série recapitulando o que é importante para um bom projeto e instalação de sistemas de CFTV utilizando transmissão sem fio, também conhecida como wireless:

  • Diferentes frequências de transmissão como 5GHz  ou 2.4GHz
  • Uso de rádios profissionais próprios para CFTV
  • Consideração da velocidade real x velocidade nominal
  • Cálculo da banda necessária para a transmissão das imagens
  • Consideração de interferências e uso de canais
  • Linha de visada e zona de freznel

Devido à complexidade do assunto, não é possível considerar todos os fatores e detalhes em 5 artigos, ainda há muitas outras coisas, como uso de frequências proprietárias ou do governo, cálculos, legislação e necessidade de licença de uso de equipamentos de rádio transmissão, projetos e certificação de orgãos como Anatel, etc.

Considere esses 5 artigos como a base para o entendimento de transmissão sem fio para CFTV, há muito mais detalhes que pretendo cobrir nos cursos em vídeo que estou preparando ao longo dos meses para profissionais interessados em se aprofundarem no assunto. 

Vídeo aulas sobre CFTV

Video aulas

Estou encerrando essa série de artigos de transmissão sem fio e espero que o conteúdo seja útil para os leitores, seria interessante comentar sobre o assunto, fazer perguntas e interagir mais, pois essa é uma boa maneira de aprender.

Estarei à disposição para ler e responder os comentários e creio que você leitor está pronto para contribuir compartilhando o blog.

Clique no link abaixo e compartilhe ;)​

  • 12 de janeiro de 2016
  • Redes
Claudemir Martins
 

Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo. Me profissionalizei em redes de computadores e CFTV, atualmente moro nos Estados Unidos e trabalho para uma das maiores empresas do mundo viajando pela América Latina e Caribe ministrando treinamentos.

Deixe um comentário 10 comentários
vicente p. d. pereira - 9 de fevereiro de 2016

bom dia tudo bem, instalei 06 cameras wifi da marca tecvoz e um nvr tecvoz tbm e coloquei um roteador da intelbras win 300 e mais 04 pontos de acesso nplug da intelbras, e as imagens estão congelando e a transmissão mesmo na rede inter e devagar pode me ajudar

Responder
    Claudemir Martins - 9 de fevereiro de 2016

    Olá Vicente,

    O uso de Wi-Fi em CFTV causa mesmo alguns incovenientes, tive muita experiência com isso em projetos metropolitanos e vou falar sobre o assunto no meu curso no módulo avançado.
    Bom, para te ajuda no momento já vou adiantar alguns conceitos:

    1. Saiba quanto de largura de banda você vai precisar para suas câmeras
    Você deverá medir quanto é utilizado no total da 6 câmeras e isso vai depender da configuração que está usando, como resolução, taxa de frames e compressão, use um software como o NetLimiter (http://www.netlimiter.com/) para medir quanto cada câmera consome e faça as contas.

    2. O sistema Wi-Fi deve ter largura de banda maior que a somatória das câmeras
    Dependendo da tecnologia utilizada (como explicado no artigo) o sistema irá disponibilidar 11Mbps, 54Mbps ou 300Mbps nominais, o que na prática pode acarretar em valores menores, então o primeiro passo é saber quanto seu sistema realmente pode transmitir, alguns equipamentos permitem fazer essa medição (não conheço esse da Tecvoz). Essa capacidade deve ser maior que a somatória das câmera do item 1, caso contrário as imagens irão congelar

    3. Interferências, obstáculos e distâncias
    Dependendo como instalou o sistema poderá ter esses tipos de problemas, certifique-se que os rádios e câmeras não estão sofrendo interferência fazendo uma análise de espectro com o software NetStumbler que irá mostrar quais as frequências estão sendo mais utilizadas, ai você pode escolher outra que cause menos interferência e configurar no seu equipamento. Posicione os equipamentos e antenas de modo a evitar obstáculos, paredes, coisas metálicas e água e fique atento às distâncias máximas de transmissão, se estiver transmitindo a mais de 100 metros com um rádio Wi-Fi convencional interno terá problemas de queda de velocidade e instabilidade.

    Ou seja, no geral, você precisa fazer as contas baterem, a largura de banda da câmera com a largura de banda (real) do Wi-fi
    Um teste que pode fazer é configurar uma câmera com baixa resolução e FPS e colocar no sistema e ver como fica, passo a passo vai subindo a configuração para ver quando começa a travar
    Faça o mesmo adicionando mais câmeras pouco a pouco, assim terá uma idéia de quando começa a ter problemas por causa da largura de banda excessiva.

    Pense em eliminar variáveis, não ligue todo seu sistema de uma vez e espere que funcione corretamente, faça sempre etapa por etapa, pensando como um engenheiro que constrói parte por parte.

    Espero que consiga encontrar o problema e a solução, dê um retorno para a gente e desenhe um diagrama do projeto ( o software visio é bom para isso)

    Abraço
    Claudemir

    Responder
Rogério Almeida - 10 de outubro de 2016

Parabéns pela série!

Sou profissional de TI e já trabalhei alguns anos atrás, diretamente com sistemas wireless em provedores de internet, a partir de 2014, estou atuando de forma efetiva em CFTV e procuro constantemente aprimorar meu conhecimento nesta área e seus artigos caíram como uma luva para chancelar essas informações. Desta forma podemos utilizar essas tecnologias para atender projetos de CFTV com as mais diversas necessidades em lugares remotos, onde as redes sem fio se tornam essenciais.

Responder
Albeci Nogueira - 2 de julho de 2017

Boa noite, li o seu projeto e esclareceu bastante coisa, pois estou com um projeto para instalar várias câmeras em uma cidade do interior aqui de Fortaleza-CE, então terei que instalar câmeras speed domes e fixas, algumas em postes, minha principal dúvida é: como fazer para pegar a energia para alimentar a câmera e o radio, a empresa de energia elétrica colocaria um contador, ou o que? essa é a minha principal dúvida.

Obrigado.

Responder
    Claudemir Martins - 4 de julho de 2017

    Olá Albeci,

    Para qualquer instalação em postes a concessionária de energia elétrica tem que autorizar e fornecer os meios para alimentar seus equipamentos.

    Responder
junior - 10 de julho de 2017

Boa tarde, teria algum tipo de radio para transmitir sinal de câmeras analogicas ou apenas IP?

Responder
    Claudemir Martins - 10 de julho de 2017

    Olá Junior, Obrigado pela visita ao Blog

    Para transmitir imagens de câmeras analógicas você pode utilizar um encoder antes do rádios, assim a imagem é digitalizada para ser eviada e no outro lado você usa um gravador IP (NVR)
    CAM –> ENCODER –> RADIO –> DVR

    Claudemir

    Responder
ANGELO ALBERT PEREIRA - 17 de novembro de 2017

Bom dia Amigo, li seu comentário e ele me abriu bastante os olhos. Tenho alguns projetos de CFTV sem fio, mas todos de pequena monta (2 ou 3 câmeras) porém, fiz a instalação em um cliente, um único, que onde instalamos mais de 40 câmeras sem fio. Utilizei em todos eles o Roteador da TP-link o WA5210G. Como o local do cliente é bem grande ,utilizamos diversos aparelhos para a transmissão. Apenas para você entender, uso esse aparelho, ligado diretamente via cabo na rede do cliente, captando as imagens das câmeras. Dessa forma, foram distribuídos 7 roteadores desses ela empresa. As câmeras funcionam, mas as qualidades de imagens, em algumas delas são bem ruins, funcionando de quadro a quadro. Pelo que li no seu artigo acredito que este aparelho não seja o mais adequado, porém, queria apenas a sua ajuda em informar qual seria o aparelho, mesmo que seja com sobra, tipo, o melhor para o sistema. O cliente quer o sistema funcionando da melhor forma possível. Você poderia me ajudar? Se puder, me envie por email. avreletroinfo@gmail.com. Muito obrigado!

Responder

Deixe uma resposta