Guia Definitivo do CFTV

GUIA DEFINITIVO DO CFTV

O melhor e mais completo guia consulta e aprendizagem na área de CFTV.

Material ilustrado com explicações fáceis e simples de entender que permitem a qualquer pessoa aprender rapidamente os segredos do CFTV

2

Sensor CMOS vs CCD

Nesse artigo vamos discutir a diferença entre os sensores CCD e CMOs e quais as vantagens e desvantagens dessas tecnologias.

Sensor CMOS

Quando capturamos uma imagem em uma câmera, o sensor é o elemento que faz a conversão da luz recebida em sinais para a câmera.

Após essa conversão para sinais elétricos, o processador principal da câmera pode trabalhar e melhorar a imagem antes de reproduzi-la para gravação ou exibição em um monitor.

Esses sensores são encontrados em todos os tipos de câmeras, desde câmeras fotográficas, câmeras de celulares, de tablets e de CFTV.

​Onde estão os sensores CCD e CMOS ? 

Logo atrás da lente da sua câmera, se removemos a lente de uma câmera de CFTV do tipo box, logo vemos o sensor e podemos inclusive notar o seu tamanho.  

Sensor CMOS na câmera

Sempre houve um debate sobre que tecnologia é melhor, CCD ou CMOS. e há argumentos a favor e contra as duas tecnologias.

Antigamente ao chegar em uma loja tradicional de câmeras de CFTV, o vendedor logo se orgulhava em dizer que a câmera que estava oferencendo possuia CCD e que isso garantia uma melhor qualidade de imagem quando comprarado aos seus concorrentes que vendiam câmeras mais baratas com sensores CMOS.

Se está gostando do artigo, clique antes de continuar

Mas estava o vendedor utilizando o argumento correto para realizar sua venda ? Será que o CCD era mesmo melhor que o CMOS ?

Sim, ele estava utilizando os argumentos corretos, há anos atrás a tecnologia de fabricação do CCD proporcionava um sensor melhor quando comparado ao CMOS, devidos a muitos fatores que envolvem tecnologia e custo de fabricação, o CCD era a melhor alternativa. 

No passado o sensor CCD era uma melhor alternativa

Segurando um chip CCD

Sabemos que o CCD consome mais energia que o CMOS, esse foi um dos fatores que contribuiu para se considerar a substituição de sensores em dipositivos pequenos, especialmente os que usam bateria.

A função do CCD é capturar a luz e convertê-la para sinais elétricos, deixando o resto do processo como amplificação e melhorias de imagem para os demais componentes dentro da câmera.

Com esse tipo de tecnologia temos a vantagem de deixar a área de pixels que recebe a luz totalmente dedicada somente à essa tarefa, ou seja, o CCD acaba sendo mais eficiente para trabalhar em situações onde há pouca luz pois tem mais área livre para captura que o CMOS.

Sensor CCD

Cada pixel no sensor recebe luz que será convertida para sinais elétricos. Quanto maior a área disponível para capturar a luz e quanto mais pixels disponíveis, melhor será a imagem final reproduzida

O processo no CMOS é diferente, grande parte do trabalho como captura da luz, conversão para sinais, amplificação, etc é realizado pelo sensor, e isso exige o uso de circuitos mais avançados. Essa complexidade na construção dos componentes acaba reduzindo a área disponível para captura de luz, fazendo então que o sensor seja menos sensível a luz

Sensor CMOS

Devido a arquitetura de construção o sensor CCD gera um sinal elétrico que será trabalhado pelos componentes internos da câmera, enquanto o sensor CMOS converte a luz diretamente para sinais digitais.

A uniformidade do sinal gerado pelo CMOS é melhor quando comparada ao CCD, uma vez que é um sistema binário de saída.

Exposição excessiva à luz é mais facilmente corrigida no sensor CMOS que pemite um melhor controle dos pixels de maneira individual.

Converter luz para sinais digitais é muito mais rápido no sensor CMOS devido a sua capacidade de conversão pixel a pixel.

Para finalizar o artigo abaixo uma tabela com o resumo:

CMOS

CCD

Menor consumo de energia

Consume mais energia

Melhor correção de exposição à luz

Não possui boa correção de exposição a luz

Menos sensibilidade a luz

Mais sensibilidade a luz

Rápida conversão de sinais

Conversão mais lenta de sinais

Mais utilizado em câmeras modernas

Caindo em desuso

Apesar de ainda haver defensores da tecnologia CCD, a realidade é que 90% das câmeras do mercado já utilizam sensor CMOS e certamente o CCD será extinto em breve nas câmeras de CFTV.

Claudemir Martins
 

Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo. Me profissionalizei em redes de computadores e CFTV, atualmente moro nos Estados Unidos e trabalho para uma das maiores empresas do mundo viajando pela América Latina e Caribe ministrando treinamentos.

Deixe um comentário 2 comentários
Vanderson - 16/12/2016

Caro Claudemir,

Ótimo material a disposição de quem realmente tiver interesse em aprender.
Parabéns por compartilhar o conhecimento.

Boas festas a você e seus familiares.

Responder

Deixe uma resposta