Como medir banda em CFTV - Aprenda CTFV.com

Como medir banda em CFTV

Em projetos de CFTV é necessário saber como medir o uso de banda, principalmente se houve a necessidade de transmissão para monitoramento remoto via celular.

Nesse artigo você irá aprender como fazer a medição do uso de banda em câmeras e sistemas de CFTV através do uso de softwares simples e práticos.

Unidade de medida de largura de banda

A primeira coisa que você deve aprender é a nomenclatura utilizada para medição de velocidade de tráfego de dados em redes digitais.

Quando falamos em uso de banda em CFTV ou qualquer outro sistema digital que transmite dados via rede de computadores ou pela Internet, temos que saber quantificar a quantidade de dados que é transmitido ou recebido por unidade de tempo e nesse caso estamos falando de bits por segundo.

Não se preocupe muito com o termo bit, ele representa a unidade de informação digital representada por 0 ou 1, nesse momento você precisa apenas saber que bit representa a informação que é transmitida pela rede e quanto maior a quantidade de bits a serem transmitidos maior é a largura de banda necessária.

Veja a imagem a seguir onde há uma câmera IP conectada a um injetor PoE que alimenta a câmera que por sua vez está conectado ao laptop. Uma quantidade de dados (bits) trafega da câmera IP até o laptop e a banda pode ser medida através do uso de um software específico.

Diagrama uso de banda entre camera IP e gravador

Ao transmitir vídeo de uma câmera IP para um gravador ou para um celular na Internet usamos termos como 256 Kbps, 500 Kbps, 1 Mbps, etc. 

Essa nomenclatura está se referindo à quantidade de informação que se transfere a cada segundo entre os dispositivos.

Quando dizemos que a taxa de transmissão é de 256 Kbps, isso significa que 256.000 bits são transmitidos a cada segundo, pois o K representa 1.000 e poderíamos até escrever de outra forma, como por exemplo 256.000 bits por segundo, mas isso só torna as coisas mais difíceis.

Da mesma forma podemos utilizar o M para representar 1.000.000 (um milhão), então quando dizemos que a velocidade do link de rede é de 1Mbps, estamos na prática dizendo que é possível trafegar um 1 milhão de bits a cada segundo por esse link.

Então devemos medir o uso de banda em pontos específicos da nossa rede para garantir que o sistema irá funcionar sem travamentos, caso a banda disponível não seja suficiente temos que utilizar links com maiores capacidades ou reduzir a quantidade de banda que trafega pelo sistema.

A imagem a seguir mostra uma câmera IP conectada a um roteador que por sua vez está conectado a um laptop e um NVR. É necessário saber qual a quantidade de banda utilizada entre a câmera IP e todos os dispositivos, assim como o tráfego do link de Internet.

Banda entre roteador, dispositivos e Internet

Ao instalar uma câmera IP, você pode observar qual a quantidade de banda é consumida de acordo com a configuração da qualidade do streaming de vídeo da câmera, pois quanto maior a qualidade (resolução, taxa de frames por segundo e compressão) maior será o uso de banda.

Outros fatores como a quantidade de movimento em frente da câmera também podem influenciar no resultado do uso de banda, então é importante que você faça os cálculos e testes necessários para ter certeza de qual a necessidade de banda para o seu projeto.

Veja na imagem abaixo um exemplo de uma câmera IP que mostra a quantidade máxima de banda que será utilizada de 2.048 Kbps (2 Mbps) para entregar essa imagem com resolução de 1920x1080 a uma taxa de frames de 15 FPS e compressão intermediária utilizando o CODEC H.264.

Informação de uso de banda

Essa informação é fornecida pela própria câmera IP como mostrada na imagem acima (o menu varia de acordo com as diferentes marcas e modelos dos fabricantes) e pode ser constatada através da medição real com um software instalado no computador.

Medir o uso de banda com o gerenciador de tarefas

Caso você não tenha nenhum software específico para medir o uso de banda da sua câmera IP, é possível utilizar o gerenciador de tarefas do Windows, para isso basta clicar com o botão direito do mouse na barra inferior e escolher a opção “gerenciador de tarefas” no menu flutuante.

No menu de redes é possível visualizar a quantidade de banda utilizada no momento, note na imagem a seguir que a imagem da câmera foi aberta através de um navegador de Internet (Internet Explorer) e o gerenciador de tarefas mostra que a câmera está gerando 1.6 Mbps de tráfego.

Uso de banda no gerenciador de tarefas

Essa é uma maneira muito simples e prática de medir o uso de banda real de uma câmera de CFTV, uma vez que a imagem da câmera está sendo exibida no computador esse tráfego pode ser medido.

Muita atenção ao medir o tráfego de rede pois há opção para medir o que está entrando pela interface de Ethernet (ao qual o cabo de rede está conectado) e outra opção para medir o tráfego de rede pela interface sem fio (Wi-Fi).

Assegure-se que está medindo a interface correta e que não haja outro tipo de tráfego além da câmera sendo utilizado, caso contrário a medição não estará correta.

Medir o uso de banda com um software de redes

Existem software profissionais utilizados para a medição do uso de banda, há uma infinidade deles disponíveis na Internet, alguns são grátis e outros pagos.

Eu utilizo o software Netlimiter para análise de tráfego de rede pois ele permite visualizar o uso de banda por aplicativo, ou seja, é possível saber que o Internet Explorer, Google Chrome, software de monitoramento ou qualquer outro está utilizando de banda individualmente.

Note na imagem a seguir que o software mostra a quantidade de uso de banda de rede que está sendo utilizada pelo Internet Explorer que está com a imagem da câmera IP aberta.

Como medir banda usando o Netlimiter

É recomendável que utilize um software profissional para medir o uso de redes em sistemas de CFTV IP, dessa forma você pode ter um maior controle do que está sendo utilizado na sua rede.

O Netlimiter é capaz de identificar os processos que estão utilizado banda da rede e as portas dos dispositivos, o que é muito útil para diagnosticar possíveis problemas.

Informacão do uso de banda e processos

Como medir a sua banda de Internet

Após realizar a medição do uso de banda dos dispositivos, é necessário assegurar-se que há banda de Internet necessária para o tráfego externo caso queira visualizar as câmeras remotamente via celular.

A medição de banda da Internet é extremamente simples, basta utilizar o serviço Speedtest.net digitando o endereço https://speedtest.net em um navegador de Internet como o Google Chrome ou Internet Explorer.

Veja abaixo um exemplo da medicão da banda de Internet onde se está utilizando um link que apresenta 59 Mbps de download e 58 Mbps de upload.

Medindo banda de Internet

Obviamente, não é recomendado trafegar o streaming de vídeo de alta resolução pela Internet para a exibição via celular pois isso irá consumir os recursos do seu link desnecessariamente, afinal a exibição da imagem na tela do celular não exige alta resolução como imagem em FullHD.

Então para transmitir imagens para o celular via Internet, você pode criar um perfil com baixa resolução e baixa taxa de frame rate, além de uma boa compressão do vídeo.

A maioria das câmeras IPs possuem pelo menos dois perfis de configuração de vídeo exatamente para que possa ser utilizado dessa forma, ou seja, um perfil com alta qualidade para gravação local e outro perfil com baixa qualidade e para envio remoto e visualização por celular.

Resumo e conclusão

Medir o uso de banda de rede em câmera IPs não é uma terefa complicada e o mesmo conceito de aplica a gravadores digitais (DVRs) e gravadore de rede (NVRs).

Basta utilizar os recursos disponíveis no próprio menu do dispositivo ou utilizar software no computador ou laptop que deve estar conectado na mesma rede.

Caso não queira comprar um software de análise de banda utilize o próprio gerenciador de tarefas do Windows tomando o cuidado de não misturar tráfego de rede de outras fontes.

É necessário assegurar-se que possui banda suficiente de Internet para trafegar o streaming de vídeo até um celular (utilizando um perfil secundário da câmera IP ou gravador).

Espero que aproveite as informações desse artigo e por favor clique no botão abaixo para compartilhar com os amigos.

Se quiser aprender mais...

Se você é um instalador profissional de CFTV ou quer se tornar um, eu recomendo fortemente que você dê uma olhada na coleção Guia Definitivo do CFTV, e aos cursos em vídeo clique nos links abaixo para saber mais ...

Compartilhe esse artigo com os amigos...

  • 11 de julho de 2019
  • Redes
Claudemir Martins
 

Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo, me profissionalizei em redes de computadores (CISCO) e CFTV. Trabalhei para grandes empresas (como a Samsung) como engenheiro e treinador profissional ministrando treinamento em diferentes países e idiomas. Atualmente moro com minha família nos Estados Unidos e tenho minha própria empresa na áera de tecnologia.

Deixe um comentário 0 comentários

Deixe uma resposta