.st0{fill:#FFFFFF;}

O uso de switches em projetos de CFTV 

Por  Claudemir Martins

Switches em projetos de CFTV

E fundamental escolher o switch correto para usar com câmeras IPs em projetos de CFTV. Switches de camada 2 podem ser utilizados para os projetos que necessitam confiabilidade e rendimento. 

Switch de rede

Eles devem possuir a tecnologia adequada para garantir velocidade e segurança utilizando os recursos disponíveis. Abaixo uma descrição das características mais importantes para os projetos de CFTV.

Portas de 100 Mbps: Em um projeto de CFTV as câmeras necessitam por volta de 2.5 Mbps para streamings de vídeo com resolução FullHD (1920 x 1080 ) a 15 FPS (configuração padrão para a maioria das câmeras). Se utiliza por exemplo um switch com 24 portas com capacidade de transmissão de 100 Mbps irá utilizar 2.5% da capacidade de cada porta por streaming, ou seja, se necessita um streaming diretamente para monitoramento e um streaming para gravação, não vai utilizar mais que 5% da capacidade de cada porta.

Portas Gigabit: Na maioria dos casos os switches necessitam ter portas com somente 100 Mbps para conectar as câmeras, no entanto, para a conexão entre dois switches ou com o servidor pode-se utilizar as portas Gigabit disponíveis, dessa maneira é possível ter por exemplo o tráfego das 24 portas somadas saindo para o próximo switch ou para o servidor com alta velocidade.

Largura de banda: Há switches que possuem 24 portas 100 Mbps e 4 portas 1000 Mbps com largura de banda total de 12.8Gbps, isso significa que poderíamos utilizar a máxima capacidade de todas as portas sem ter problemas, mas já sabemos que no caso das câmeras o uso é muito reduzido. (cerca de 5% por porta).

Fibra ótica: Alguns modelos de switch possuem entradas para módulo de fibra ótica que permitem conexões para longas distâncias.

Redundância: Se necessita utilizar redundância no projeto o switch tem a capacidade de trabalhar com os protocolos padrões STP e RTSP que garantem redundância com alta velocidade.

Virtual LAN (VLAN): Em projetos que é necesário isolar o tráfego de broadcast e implementar segurança as VLANs são muito úteis, a maioria dos switches permitem gerenciar um mínimo de 256 VLANs com o padrão 802.1Q.

Multicast: Quando é necessário trabalhar com o streaming multicast o switch deve permitir o uso dos protocolos IGMP v1, v2 e v3 snooping e querier.

COS e QoS: Em uma rede com diferentes equipamentos as vezes é necessário dar prioridade a alguns dispositivos, nesse caso o uso da tecnologia de COS (Cost of Service) e QoS (Quality of Service) devem estar disponíveis no switch.

Segurança: Para implementar segurança é recomendável ter alguns recursos como 802.1X, Radius e TACACs para que somente as câmeras e servidores de monitoramento / gravação possam conectar-se à rede, verifique se o switch possui a tecnologia necessária para permitir esse tipo de segurança

Monitoramento: É possível monitorar o uso do switch com o protocolo padrão SNMP v1, v2, v3 desde que o switch possua suporte a esses protocolos, também é interessante ter o recurso de monitoramento dos pacotes que trafegam pelo uso uso de espelhamento de portas.

Switches não são somente caixas com portas disponíveis para conectar cabos, há uma infinidade de recursos que pode disponibilizar, fique atento a isso para fazer melhor uso possível do equipamento.

Claudemir Martins


Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo, me profissionalizei em redes de computadores (CISCO) e CFTV.

Trabalhei para grandes empresas (como a Samsung) como engenheiro e treinador profissional ministrando treinamento em diferentes países e idiomas.

Atualmente moro com minha família nos Estados Unidos e tenho minha própria empresa na áera de tecnologia.

Claudemir Martins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Claudemir muito bom seu canal com certeza vou realizar o treinamento para enriquecer meus conhecimentos. Parabéns pela iniciativa realmente é difícil encontrar profissionais qualificados para grandes projetos e os que tem não são claros na venda do projeto. Forte abraço.

    Att; Fabrizio
    foz do Iguaçu-PR Brasil

    1. Independente da resolução Full HD ou 4K, cada porta do switch tem capacidade para lidar com o tráfedo de cada câmeras.
      Quanto à qualidade, sugiro que adquira equipamentos de marca confiáveis e que tenha PoE para alimentar a câmeras.
      Um bom exemplo é o switch da Netgear, é uma boa marca e tem bom preço.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}