Como gravar imagens do DVR na nuvem da Angelcam - Aprenda CTFV.com
Guia Definitivo do CFTV Volume 1

GUIA DEFINITIVO DO CFTV

O melhor e mais completo guia consulta e aprendizagem na área de CFTV.

Material ilustrado com explicações fáceis e simples de entender que permitem a qualquer pessoa aprender rapidamente os segredos do CFTV

Como gravar imagens do DVR na nuvem da Angelcam

Neste artigo, você aprenderá como configurar um DVR para gravação em nuvem na plataforma Angelcam. É um processo passo a passo fácil.

Siga estas etapas para configurar um DVR para funcionar com a plataforma Angelcam:

  1. Verifique se o seu DVR suporta o codec H.264 e a codificação RTSP;
  2. Teste o streaming de vídeo local com a codificação RTSP.
  3. Configure o encaminhamento de portas do roteador;
  4. Configure a plataforma da Angelcam.

Como funciona a gravação em nuvem

Antes de seguir os passos para configurar o DVR para gravar na plataforma da Angelcam, é importante entender o conceito da gravação na nuvem.

Essa é a idéia básica para garantir que você tenha um sistema de segurança seguro que seja redundante. Para aprender mais leia: Entenda como funcionam os projetos de CFTV com gravação na nuvem

Gravação local vs remota

Para o site local, o DVR pode usar a melhor gravação de qualidade de vídeo, o que significa que o vídeo pode ter alta resolução e taxa de quadros.

Por outro lado, para a gravação remota, a qualidade de vídeo deve ser reduzida para economizar largura de banda e armazenamento.

Usando o perfil adequado

Em seu DVR, você pode criar perfis diferentes para gravação local e remota.

Isso significa que você pode configurar pelo menos dois perfis com resolução específica, taxa de quadros e compactação para cada tipo de gravação (local e remota).

Então, você só precisa ter um perfil # 1 para a gravação local e um perfil # 2 para a gravação remota, é muito simples, não é?

O codec H.264 e a codificação RTSP

Por favor, não se assuste com esses termos, você só precisa saber que o H.264 é um algoritmo para comprimir o vídeo e o RTSP é um método universal para codificar e enviar o vídeo através de uma rede (como a Internet).

A configuração do roteador

Para enviar o vídeo da sua rede local para o servidor remoto (Servidor da Angelcam), é necessário configurar o roteador para o encaminhamento de portas.

Hein??? o que é isso ? 

Acalme-se, o encaminhamento de porta é apenas um nome sofisticado para um conjunto de regras que são criadas no roteador para permitir que o tráfego da Internet entre e saia da sua rede. Não se preocupe, você verá como configurar um roteador.

Configuração passo a passo da Angelcam

OK, chega de teoria, vamos apenas mergulhar na configuração. Você só precisa descobrir qual é o comando necessário para o DVR solicitar o fluxo de vídeo via RTSP e você encontra isso no manual do produto.

Quando o DVR recebe o "comando RTSP", ele inicia o streaming de um vídeo compactado para o destino escolhido, nesse caso específico o servidor da Angelcam irá enviar o comando para o DVR.

Vamos começar o passo a passo da configuração...

Passo 1. Verifique se o seu DVR suporta H.264 e RTSP

Existe uma lista de dispositivos compatíveis no site da Angelcam, você pode verificar se sua câmera é compatível com a plataforma ou procurar informações no manual do usuário.

Se as informações não estiverem disponíveis no manual, entre em contato com o revendedor ou a equipe de suporte do fabricante para obter ajuda.

Voce precisa saber realmente se o DVR tem o CODEC H.264 e qual o comando RTSP que deve ser utilizado para solicitar envio de vídeo.

Usando um software para descobrir o comando RTSP

Apenas no caso de você estar se pensando, "mas eu não tenho o manual do dispositivo, e não consigo entrar em contato com o revendedor ou fabricante", há uma maneira de testar seu dispositivo para descobrir qual é o comando de streaming RTSP.

Você pode usar o software ONVIF Device Manager e se o seu DVR é compatível, ele pode encontrar o comando, caso contrário, o software não irá retonar o que precisa saber. Vamos ver como isso funciona.

Assista ao vídeo abaixo para ver como usar o software.

Passo 2. Teste o streaming de vídeo local com o RTSP

Hora de testar o fluxo local do DVR para o computador local.

A idéia é garantir que o comando RTSP funcione na sua rede local antes de tentar usá-lo na configuração da Angelcam. Um passo por vez!

O comando RTSP abaixo está transmitindo o vídeo do dispositivo com o IP 192.168.2.154 e a porta 554, o canal do DVR é o número 4.

rtsp://192.168.2.154:554/cam/realmonitor?channel=4&subtype=0&unicast=true&proto=Onvif

Importante

Tenha em mente que este comando NÃO é o mesmo para todos os DVRs, cada fabricante tem seu próprio comando RTSP. Descubra qual é o seu.

Use o software VLC para enviar o comando RTSP do seu laptop para o DVR e verifique se tudo funciona bem. Assista ao vídeo abaixo.

==> Para aprender ainda, recomendo que leia o artigo completo sobre RTSP no seguinte link: Protocolo RTSP para câmeras IPs.

Passo 3. Configure o encaminhamento de portas do roteador

Agora que você sabe que o comando RTSP local está funcionando, é hora de configurar seu roteador com as informações para redirecionar as solicitações que vêm da Internet para o DVR que está dentro de sua rede.

Basta acessar o roteador e procurar a configuração de encaminhamento de porta.

Cada roteador é diferente, então o menu de configuração é diferente de acordo com o fabricante. Às vezes, você pode encontrar o menu com nomes como NAT, PAT, Port Forwarding, Port Redirect, etc.

No meu roteador (Linksys 1200), o menu está sob o menu "Application & Gaming -> Single Port Forwarding".

A figura abaixo mostra a configuração, é necessário informar a porta RTSP (554) o protocolo (ambos) e o endereço IP do DVR (192.168.2.154).

Redirecionamento de portas no roteador

Esta configuração está basicamente dizendo: "Hey roteador, toda vez que você receber uma solicitação da Internet para a porta 554, por favor, redirecione o tráfego para o IP 192.168.2.154" (que é o DVR).

Passo 4. Configure a plataforma da Angelcam

Agora é hora de configurar a plataforma da Angelcam para obter o fluxo de vídeo do seu DVR. Você só precisa ter algumas informações básicas:

- O endereço IP externo do roteador;

- O comando RTSP para o seu DVR;

- A porta RTSP usada pelo roteador (geralmente 554);

- O usuário e a senha do seu DVR;

- Qual perfil de vídeo do DVR é melhor para gravação remota.

Configuração passo a passo de Angelcam DVR

Visite o site da Angelcam em https://angelcam.com/cva para criar uma conta, se você não tiver uma ou apenas faça o login se já tiver uma conta.

Clique no menu Connect Camera -> + Connect a new camera

Conectando uma nova câmera na Angelcam

Clique no menu DVR NVR para selecionar o tipo de dispositivo.

Selecione o dispositivo da Angelcam

Digite o comando RTSP do seu DVR, mas lembre-se de usar o IP externo do roteador. O sistema mostrará uma marca de seleção verde se o comando estiver OK.

Comando RTSP OK

Marque as caixas e insira o login do DVR, senha e informações da porta

Comando RTSP usuario e senha

Clique no botão "Detect camera" e na próxima janela, nomeie a câmera e clique no botão "Confirm and proceed" (veja a figura abaixo).

AngelCam DVR conectado via RTSP

E pronto! Parabéns, o seu DVR está gravando em Angelcam.

Conclusão

É fácil configurar um DVR ou NVR para transmitir vídeos para a Angelcam.

Você só precisa se certificar de que o comando RTSP e a configuração do roteador estão corretos, o resto das etapas são muito fáceis de configurar.

Durante o processo de configuração, você pode alterar o perfil de vídeo que você está enviando para o servidor da Angelcam usando apenas os parâmetros corretos, no meu exemplo, eu só preciso alterar o subtype = 0 para subtype = 1 para usar o segundo perfil criado no DVR para usar menos largura de banda.

rtsp://<IPaddress>:<port>/cam/realmonitor?channel=4&subtype=0&unicast=true&proto=Onvif

Se você tiver a configuração do DDNS em vigor, use o URL durante a configuração.

Não se intimide em configurar o seu sistema, apenas faça um passo de cada vez para se certificar de que está funcionando antes de configurar o próximo.

Claudemir Martins
 

Meu nome é Claudemir Martins, nascido em uma pequena cidade no interior de São Paulo, me profissionalizei em redes de computadores (CISCO) e CFTV. Trabalhei para grandes empresas (como a Samsung) como engenheiro e treinador profissional ministrando treinamento em diferentes países e idiomas. Atualmente moro com minha família nos Estados Unidos e tenho minha própria empresa na áera de tecnologia.